Igreja Resgate | single

Postagem em: 14/07/2014 - 17:07 | Autor: Comunicação Resgate | Visitas: 1948

Orai pela paz de Jerusalém

Orai pela paz de Jerusalém

"Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam." (Salmos 122:6)

Essa "guerra" é até hoje um reflexo e uma reação (milênios depois) a desobediência de uma mulher chamada Sarai ou Sara (mulher de Abraão) que DUVIDOU da Palavra de Deus quando Ele disse que ela teria um filho na velhice.
Sara duvidou de Deus e por isso exigiu que seu marido fizesse sexo com sua serva Agar para que a serva engravidasse, e Sara criasse o filho da serva como sendo seu.
Nisso, nasceu (de Agar) o menino Ismael (que é o pai dos Palestinos).
Porém, alguns anos DEPOIS Deus cumpriu Sua promessa e Sara engravidou de Abraão com quase 100 anos de idade, e lhe nasceu o menino Isaque (pai do povo Judeu).
O problema é que a dona Sara e a dona Agar começaram a brigar pelos direitos da primogenitura, e imaginem os filhos vendo isso?
Se iniciou uma rivalidade absurda entre elas, e depois entre os irmãos!
A situação se agravou quando Sara, por ser a esposa principal, exigiu que Abraão abandonasse Agar com seu filho Ismael (já adolescente) em pleno deserto, sem condições de sobrevivência. E Abraão aceitou a sugestão!
Imagine o coração de Ismael quando viu o pai o abandonando no deserto?
Imagine a raiva que ele teve de Isaque? 
Parecia que Isaque havia se tornado o "filhinho querido do papai".
Porém, Deus é mais PAI que qualquer pai dessa Terra! E Deus também tinha prometido posteridade e prosperidade a Ismael, e Deus cumpriu, salvando Agar e Ismael no deserto, e cuidando deles. 
Assim Ismael também cresceu tanto quanto Isaque, e ambos se tornaram numerosos povos, porém até hoje os irmãos brigam entre si.

Então quero que vocês imaginem como é sério a desobediência!

A Sara agiu de modo errado desobedecendo a Deus, e por causa da desobediência dela, nasceu o menino Ismael, que devia ter marcas profundas de rejeição em sua alma. Não era essa a vontade de Deus.
Irmãos é daí, daí que vem todo esse ódio entre os dois povos, é uma ferida antiga entre dois irmãos rivais que queriam o amor e a herança do pai.

Que nós possamos ter mais temor em obedecer, porque a desobediência de hoje, pode ter consequência por milênios a nossa frente...
Paz, Pastora Sarah Sheeva