Igreja Resgate | page


Historia

Desde meados de 1990, o Apostolo Hiran A. Pimentel, (então, líder de mocidade numa igreja em São Paulo e com apenas 4 anos de conversão), passou a entender,  por revelação do Espírito Santo de Deus e por confirmação na palavra de Deus, que a visão original da Igreja de Jesus Cristo não poderia ser uma visão definida por pela direção de cargos temporários , funções, muitas vezes, definidas por interesses humanos, ao invés de vocações e chamados espirituais em três níveis. São estes:

DONS MINISTERIAIS(governo): apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres (Ef. 4:7-16);

DONS VOCACIONAIS(serviços): pregação, exortação,socorros, ensino, presidir, repartir e misericórdia(Rm 1:6-8);

MANIFESTAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO(dons de sinais): palavra de sabedoria, palavra da ciência, fé, dons de curar, operação de maravilhas, profecia, discernimento de espíritos, variedade de línguas e interpretação das línguas (I Co 12:8-10).

Os dons ministeriais são os primeiros a conduzir e a governar a Igreja de Jesus Cristo e têm a ver, diretamente, de forma hierarquizada, com o combate e confronto direto com o império das trevas, formado pelo: diabo, principados, potestades, dominadores e espíritos da maldade nos lugares celestiais (Ef.6:10-12).

O que, então, o apóstolo Hiran presenciava? De uma forma geral, uma igreja que atuava e reconhecia apenas um dos dons ministeriais: O pastor, pelo qual, as demais pessoas recebiam funções, em função de sua simpatia pessoal ou de puro vínculos de interesses de ambos. Sendo assim, como teria esta igreja, as pessoas, o poder de conquista contra TODO O IMPÉRIO DAS TREVAS FORMADO POR CINCO NÍVEIS DIFERENTES DE PODER E DE FORMA HIERARQUIZADA?

Como poderia, apenas pastoral, combater os cinco níveis de poderes satânicos, se atuava apenas com um dom ministerial, e isto de maneira comprometida por interesses humanos e carnais? O máximo que esta igreja poderia conquistar, seria apenas, com relação a um nível de poder satânico referente aquela patente – espíritos da maldade nos lugares celestiais. E os demais níveis satânicos, conforme os textos à seguir e a estrutura espiritual, abaixo que a igreja precisa vencer, o que fazer? Vide estas realidades em: (Daniel 10:12-13 – Jd 9 – Lucas Cap 9 e 10:18-19). e em seguida no quadro abaixo.

 

UNÇÕES MINISTERIAIS DA IGREJA PATENTES ESPIRITUAIS DA MALDADE ÁREA DE CONQUISTA
Apóstolos O Diabo Satanismos
Profetas Principados Territórios
Evangelistas Potestades Regiões
Pastores Dominadores Pessoas
Mestres Espíritos da maldade nos lugares celestiais Libertação das pessoas através do ensino ungido e revelado

O apóstolo Hiran, passou então a entender, que, para que esta estrutura e organização satânica pudesse ser vencida, a Igreja precisaria reencontrar a visão original, à partir da menor unidade da mesma.

A chave então para a descoberta desta visão e dos dons, seria a restauração total do indivíduo em suas três dimensões – espírito, alma e corpo, onde cada um não mais seria “membros nominais de igrejas defendendo apenas interesses da placa da igreja” mas sim, e através de princípios e da prática, tornar CADA CRENTE UM MINISTRO FUNDAMENTADO NA PALAVRA DE DEUS, E EXERCITADO CONSTANTEMENTE PELA PRÁTICA COMO DISCÍPULOS E DISCIPULADORES, E NÃO APENAS POR TEORIAS DE SEMINÁRIOS E FACULDADES TEOLÓGICAS.

À  partir desta visão de, governo ministerial e do sacerdócio real e universal buscado e praticado por cada Cristão, à partir da conversão cada pessoa recebe através do Espírito Santo as nove manifestações do Espírito Santo, ou seja, os dons de sinais – o sobrenatural de Deus, com o objetivo de gerar fé, salvação, cura e libertação na vida dos que ainda não são cristãos, e também na vida daqueles que já permanecem em Cristo (I Co.12:4 a11).

Além destes dons de sinais, PELA PRÁTICA NA EVANGELIZAÇÃO EM PEQUENOS GRUPOS (demos o nome de núcleos da igreja nos lares), há também, os sete dons de serviços ou vocacionais, os quais, foram dados pelo Pai DESDE A FUNDAÇÃO do MUNDO a todos os homens, e estes dons também podem ser usados de forma errônea, motivação errada, conteúdo errado, para aqueles que não se converteram (Rm 12:4-8). Porém, ao serem convertidos DEVEMOS ENSINA-LOS, a não jogarem fora estes dons pensando que ele por si só é do mal, mas  sim, aproveita-los, santifica-los e coloca-los em prática  a serviço do reino de Deus.

O apóstolo Hiran, através do Espírito Santo e pela Palavra de Deus, entendeu que nestes três níveis de dons, o maior (mais experiente, mais maduro, aqueles com funções de governo e destaque na igreja, etc.) deveriam viver servindo ao menor e não se assenhoreando do mesmos como era a prática da maioria.

Também lhe foi revelado, como que gravado em seu coração, a necessidade dos mais experientes, os que têm mais maturidade, não apenas servir, mas suportar (dar suporte, sustentar em longanimidade, em ensino, em finanças, em empregos, etc),  aos mais fracos, aos necessitados, e isto, é o que configura uma constante demonstração de amor, ou seja, usar de fato, as prerrogativas que cada um tinha, não para expor publicamente um posição de status sobre os “menores” mas sim, usar estes meios para servi-los e  suporta-los em amor.

Além destas revelações, também foi gerado em seu coração a necessidade urgente DO DISCIPULADO POR PRINCÍPIOS PROGRESSIVOS, ou seja, uma verdade precisa se multiplicar, pelo menos em três níveis hierárquico  para tomar  peso de continuidade e  ampliação permanente sem ferir a verdade embutida no princípioatravés dos fundamentos bíblicos e não dos achismos humanos e carnais, ou revelações superficiais e conveniências pessoais ou denominacionais.

Outro entendimento e revelação foi o homem triúno – espírito, alma e corpo, precisa ser tratado nestas três dimensões DE MANEIRA NATURAL, MAIS TAMBÉM SOBRENATURALMENTE, através da quebra de vínculos do passado – A libertação e a cura interior através de confissões dos pactos gerados por estes vínculos no passado – "O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia". Provérbios 28:13 - "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos". Tiago 5:16

Neste processo de tantas revelações, Deus então, direcionou-o através de vários profetas de Deus, profetas estes com caráter cristão incontestável, profetas estes que não sabiam nada ao seu respeito, ao seu dia-adia, profetas estes de várias outras nações e também do Brasil, assim como, confirmado pelo Espírito Santo em seu coração, que ele deveria deixar de forma natural e amigável o ministério em que se encontrava – Igreja Batista em São Paulo, o qual já era pastor na época, tendo continuado.

A partir daí,  buscando  no Senhor direção em sua casa e com a sua família, até  que, ainda em São Paulo, Deus o chamou para um pequeno grupo em uma residência, e lá, passou a ter  grandes experiências com Deus de forma clara, onde passou a integrar uma das ações daquele grupo, que era a ministração de cura interior e libertação, de forma interdenominacional.

Deus então, passou a falar de maneira clara e constante a respeito de uma grande mudança em sua vida em todos os níveis – profissional, (até então consultor de empresas na área logística) ministerial – Deus, então, passou a falar-lhe sobre a fundação de um ministério com a visão original da Igreja do primeiro século – A Igreja Apostólica.

Após compartilhar esta visão com algumas pessoas e escrever e lançar o primeiro livro sobre o assunto, onde abordava, não só a nova estruturação da igreja mas também, da família – PROSPERIDADE O CAMINHO! O já apóstolo, Hiarn A. Pimentel, junto com mais alguns irmãos, iniciou o ministério da Igreja Cristã Apostólica Resgate, onde o logo  da mesmas, fala de seus pontos fundamentais:

1º)  A base inconteste para tudo que é feito neste ministério – A palavra de Deus.
2º)  O governo da igreja através dos cinco dons ministeriais – Dons de governo.
3º)  A ampliação na aplicação e conceitos dos princípios da palavra de Deus.
4º) O Batismo no Espírito Santo para todo cristão convertido.
5º) O exercício do sacerdócio universal e a busca da maturidade neste processo por todos os salvos, e isto, não é recebido numa faculdade, mas através da graça de Jesus Cristo e da capacitação do Espírito Santo.

A IGREJA CRISTÃ APOSTÓLICA RESGATE, tem uma visão onde – TODOS OS CONVERTIDOS SÃO MINISTROS DE UMA NOVA ALIANÇA, II Co 3:4~6 e II Co 5:18, pois já foram comprados pelo Sangue do Cordeiro para este processo (Ap 1:5~8), e é, através da prática, que estes sentidos são exercitados, transformando, e à partir daí – CADA CASA TORNAR-SE UMA IGREJA E CADA IGREJA – CONGREGAÇÃO, em UMA NAÇÃO TEOCRÁTICA, onde todas ás áreas dos seus participantes devem ser atendidas e desenvolvida através do corpo de Cristo.

Para isto, havia também uma ordem ou “departamentoS” na vida  de cada indivíduo que deve ser praticada:

1º – Tempo individual com Deus.
2º – Tempo e estudo, informação, para o trabalho profissional – A CRIATIVIDADE.
3º – Tempo para a família, atendendo-a e suprindo-a, com o  alimento espiritual e material.
4º – Tempo para o ministério coletivo – A Igreja a que pertence.
5º – Tempo para o social com o objetivo de levar até a sociedade perdida – O amor ágape – através do modelo de vida vitoriosa que cada um leva – esta é uma das maiores forças para evangelização e motivação do próprio crente – O crente filho de Abraão – Filho da Fé, e consequentemente herdeiro da conquista.

Esta ordem acima é a Ordem da criação em Gênesis Capítulos e 3.

1º – Deus se faz um com o homem – gasta tempo e transfere o que é dele para o homem – Sopra em suas narinas a vida – Gn 2:7
2º – Deus coloca o homem para lavrar e guardar a terra criada, para que dela obtenha o seu fruto e manutenção –Gn 2:8-15
3º – Deus percebe, então que à partir da fidelidade as duas primeiras áreas, que não era bom que o homem estivesse só – dá-lhe uma esposa – Gn 2:18
4º – À partir daí há o culto coletivo – As ofertas de Abel e Caim – Gn 4:3
5º – Deus então, coloca uma marca em Caim, mesmo sendo ele pecador, para que ele tenha a oportunidade de arrependimento e não seja fulminado de imediato  pelos seus erros – O amor ao próximo através do relacionamento social, e assim não nos isolarmos em uma vida ascética – Gn 4:15

 

Estes são alguns fundamentos desta igreja vitoriosa – O RESGATE DE PRINCÍPIOS  APOSTÓLICOS – e  conseqüentemente, a libertação de cada crente, cada família, cada região – cidade, país etc. transformando-as em nações benditas – Sl 33:12 ao invés de vivermos os ditames e tradições dos homens para o controle do homem.

“Ora, o Senhor é Espírito, e onde há o Espírito de Deus, aí há liberdade” II Co 3:17

Este é o propósito de Jesus Cristo, após serem salvos, para cada um dos que se encontram perdidos ou confundidos:
Salvação
Libertação
Cura Interior e Física
Batismo no Espiro Santo
Envio – Prática e conseqüente maturidade Cristã.

Tudo isto, é desenvolvido nas reuniões de pequenos grupos, através de cinco momentos diferentes:

1º) – AMAR – porque Ele nos amou primeiro – “Nós amamos porque ele nos amou primeiro” I João 4:19
2º) – GANHAR(proclamar) – “Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação”  II  Co 5:18
3º) – CONSOLIDAR(discipular mínimo, paternalizar) – Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar” I Pe 5:10
4º) – TREINAR – (prática: líderes, núcleos, governo etc.) “Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal”Hb 5:14
5º) – ENVIAR – (os missionários a outros lugares)E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram. Enviados, pois, pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre” At 13:2~4

Hoje a Igreja Cristã Apostólica Resgate, já atua em quatro cidades de São Paulo – Valinhos, Americana, Itú e São Paulo – Capital.

Deus têm, desde as primeiras revelações, nos feito grandes promessas, e graças ao seu amor têm e vem cumprindo todas elas – Salvando pessoas,  dando-lhes  empregos, formando famílias, dando a cada uma um ministério dentro da Igreja, e fazendo-as vencedoras  socialmente, e assim conquistando, não apenas pessoas, mas também cidades para o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Seja você também, bem vindo a este ministério e seja um vencedor.

 

O QUE É O AMAR?

Quando falamos de amor, a maioria de nós comete sérios equívocos, pois  atribuímos o amor, a ações sobrenaturais, apenas, ou quando no máximo a lisonjas e afagos apenas, sem perceber qual a motivação dos afagos e o propósito dos mesmos.

A bíblia diz que Deus é amor: “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor” 1 João 4:8

Sabemos que Deus é um ser triúno – ou seja, mesma substância com três funções diferentes.  Logo, é de se esperar que o amor seja também triúno. Mesma substãncia – propósito – suprir ao outro. Porém três funções diferentes.

Quais são então estas funções do amor, ou que, quem ama pratica?

A ação ou suprimento material.
A ação ou suprimento afetivo.
A ação ou suprimento sobrenatural.

Estas três ações têm uma mesma substância que as criaram – A ação espiritual, ou do Espírito de Deus, logo, as três ações são espirituais, porém, não são as três sobrenaturais: Uma é espiritual, porém material; a outra  é afetiva, porem espiritual, e por fim a última é  sobrenatural, porém espiritual.

O grande engano da igreja durante muito tempo, foi achar que só o sobrenatural fosse espiritual, e por isso buscaram só o sobrenatural. Como Deus é indivisível, o amor também é indivisível, e aí, nem o sobrenatural vêm de forma correta, pois negligenciamos os outros dois níveis de amor.

Estes três níveis de amor chama-se: Ágape; Fileo; Fraternal.

Porém, quando alguém vêm do mundo, totalmente necessitado e  roubado nos três níveis de amor, qual o primeiro amor a ser dado para o indivíduo? A igreja sempre pensou que o correto é dá o sobrenatural.

E aí está o grande erro ou hipocrisia. Porque? O sobrenatural, não lhe custa nada, o afetivo, criou-se a lisonja, e o material nos eximimos.

Vejamos o que a bíblia diz a este respeito? 

"E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.
Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna". Mateus 25:31-46

Ou ainda em Tiago 

"E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano,
E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e nào lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí?" Tiago 2:15,16

Quando não atendemos, no primeiro momento, as reais necessidades, não a folga, ou falta de compromissos de alguns, perdemos a unção de igreja.

Veja o que diz a palavra de Deus em Apocalipse 2:1-5

 

2  Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos;
3  e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer.
4  Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.
5  Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.

Amados, sabemos que a maioria aqui pensa que o primeiro amor é o amor após a conversão, claro que neste caso não é disso que esta falando, mas sim, o primeiro nível de amor – supri as necessidades materiais de que precisa.

A igreja primitiva passou a se impressionar com o sobrenatural e passou a esquecer o atendimento com relação ao material.  Vemos esta visão ainda sendo praticada corretamente em atos 6 com a instituição dos diáconos.

A GRANDE CRISE

 

O pior desta visão errada, é que, ao longo do tempo, buscamos só o sobrenatural(o que certamente ele  não veio de forma correta, pois dividimos o amor triúno), e não nos preparamos para a prosperidade material; como o homem colhe o que plantou, se não nos preparamos não temos o que colher.

Resultado: Superdimensionamos o sobrenatural através de religiosidades. As pessoas não vêm resultados e acabam se afastando da vida cristã e de uma intimidade com Deus.

A SOLUÇÃO

 

Sabedores desta verdade, nos preparamos materialmente e  conseqüentemente temos o que servir, pois além de plantarmos, vem o sobrenatural de Deus sobre aquilo que fizemos.

Ao servirmos alguém em sua necessidade com o material sem nenhuma religiosidade, ela percebe que verdadeiramente a amamos. À partir daí irá nos procurar – começa então o discipulado. Temos então que ser sinceros e falar-lhe à partir daí o que a palavra diz – Fundamentos da palavra de Deus adequado para cada faixa etária.

Haverá então um mover de Deus, agora, não só sobre o material mas também,    sobre a vida, o afetivo da pessoas, e conseqüentemente o sobrenatural – Ela passa a querer este Deus que apresentamos.

O amor material – Ou seja, o primeiro amor, ele custa para nós, se formos fiéis nesta área  começamos certos e poderemos ser também fiéis nas outras áreas do amor – Afetivo e sobrenatural.

Exemplo: Quando uma criança nasce, se eu apenas a afago e falo do sobrenatural para ela, sem no entanto lhe oferecer o material – O peito, a mamadeira, o que acontecerá com esta criança?  Certamente esta criança morrerá?

Logo, ao resgatarmos este princípio, certamente, as revelações virão, pois o amor triúno que deve ser a busca de todo crente, antes de qualquer coisas, será a base para as revelações sem desváiros e sem   soberbas ou presunções.

“Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis” 1 Coríntios 14:1 

 

Apóstolo Hiran A. Pimentel